quinta-feira, 10 de junho de 2010

Ao dia 12 de junho


Ó data inventada, por que, como ventania desvairada, vens apagar as velas de meu bom senso? Por que, ó dia inglório, vens quebrantar os alicerces do meu discernimento? Porque vens me esfregar na cara a solidão até então escondida, mascarada, disfarçada em risos, sufocada por espasmos de alegria vã?
Por que não deixas em paz os jovens, pobres coitados, que se deprimem por passar por ti sem receber ou sem se dar? Esses mesmos jovens (em espírito, bem verdade) que se embrulham em vontade e apelam pela esmola de atenção para que lhes notem a fita que lhes amarram o embrulho de si mesmos.
Por que atormentá-los hoje se têm 365 dias por ano para serem torturados pelos fantasmas de sua própria solidão?
Por que não deixá-los pensar que o comércio o inventou para que eles se sentissem mal por não terem alguém com quem gastar seu mais suado soldo, seu dinheirinho encravado na carteira? Nem mesmo essa constatação faz com que eles mudem o rumo de seus pensamentos...
Pois saiba que muitas dessas pessoas irão, neste dia, cerrar os punhos e prometer para si mesmas que quando voltares no ano que vem, não as surpreenderá sozinhas e desesperançosas. Irão prometer que maior presente é se dar e se darão vestidos apenas do bom e velho amor (nem que seja amor de si ou amor escondido em mais puro desejo sexual).
Ah, dia comum em meu calendário, nem se dê ao luxo de me perturbar porque sempre que vás e volta me encontras aqui envolta em amor: amor de mim, amor dos outros... amor! Amor que não me deixa titubear, que não me deixa desistir de encontrar, enfim, em outro amor, o amor.

8 comentários:

Kleber disse...

12 de junho = 12 de outubro = 25 de dezembro = 2º domingo do mês de maio = 2° domingo do mês de agosto ... e nfim ... datas comerciais! Pra mim não é necessário criar um dia pra celebrar algo ... todo dia é dia qdo se tem vontade! Muito bom seu texto Lilaaa! Bjoss!

sagara disse...

ótimo texto lila! poesia e sarcasmo na dose certa.

anyjp disse...

tudo lyla muito profundo este texto
foi marcante, foi lá na alma , lindo Parabéns!

anyjp disse...

tudo lyla muito profundo este texto
foi marcante, foi lá na alma , lindo Parabéns!

Pierrete disse...

Eiii, achei seu blog, nos seguidos do Wender. [Iron Man]. Gostei do que você escreve. Parece um pouco com o que eu escrevo. Estou te seguindo ^^ Vai lá no meu blog... Talvez você goste, e me siga também.
:D

Beijos :*

Mônica disse...

Como é que escreve Bach? Aquele musico conssagradissimo que eu com minha cara lavada nem sequer tenho a descencia de pesquisar o nome dele no google antes de vir aqui e dizer: Bach pra você!

Anne disse...

Faremos uma revolução por um dia de amor!

Vera disse...

Estas datas comemorativas não passam de um verdadeiro comércio. Gosto do que vc escreve.