sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Oublier


Esqueça por uma noite tudo aquilo pelo qual passamos
As discussões, as brigas, as palavras duras que lançamos um ao outro
Esqueça e veja o céu como está, assim como no dia em que nos beijamos

Esqueça por uma noite que nossas tristezas foram maiores que nossas alegrias
Esqueça o que ensaiamos viver e não vivemos
Esqueça nossos planos, nossos futuros sorrisos
Esqueça, meu amor, esqueça.

Esqueça por uma noite a forma como eu cruzei aquela porta
Esqueça tudo o que eu falei e o que eles falaram também
Esqueça e me conceda esta dança...

Assim, eu segurando tua mão com minha mão
E tua escápula com a outra
Dançamos e eu não pude deixar de levar minha cabeça ao teu peito e me perguntar:

Por que você achou que não viriam me advertir?
Que não viriam me falar e dar suas opiniões?
Ou pior, que eu não descobriria sozinha?
Por que você me fez passar por tudo o que eu passei?
Por toda aquela humilhação... Por quê?

Esqueça, meu amor, afinal não poderei esquecer
Que essa será nossa última dança.

2 comentários:

Mônica de Andrade disse...

"cause you are like me... Never forgive...

Marília Domingues disse...

Achei!

Mulher, coloque o app de seguidores no seu blog!

Adorei o blog todo, já perdi a conta de quanto tempo estou lendo!