quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Stallone: Um lutador

Assim como seu mais famoso personagem, Rocky Balboa, Sylvester Stallone travou batalhas espetaculares em sua vida. Filho de imigrantes italianos, Stallone nasceu em Nova York e, durante seu nascimento, vive sua primeira luta: em uma parto complicado, enfermeiras retiram-lhe com fórceps que mal utilizado ocasionou danos em um nervo que provocaram paralisia facial parcial, o que fez com que Stallone até hoje tenha dificuldades em movimentar os lábios, língua e queixo. Os olhos caídos e a voz que lhe rendem o reconhecimento imediato hoje, foi motivo de muito bullying na infância e adolescência e fez com que o futuro astro investisse muito de seu tempo em exercícios físicos e musculação.
Durante a adolescência, foi expulso de pelo menos 14 escolas e teve passagens por escolas para jovens problemáticos.  Na faculdade, foi desencorajado pelos professores a seguir a carreira de ator.
Ainda jovem, tentou realizar seu sonho de ser ator em Hollywood. Sem muitos dinheiro no bolso e tendo que dormir em  estações de trem, Stallone atuou em  seu primeiros filme: The Party at Kitty and Stud's (1970), um filme pornô de baixo orçamento pelo qual pagaram 200 dólares pelo desempenho, digamos, “artístico” do ator. Algo que o ator não faz questão de mencionar.
Stallone em seu primeiro filme: Um pornô!
Depois da meteórica carreira pornô, tentou outros papéis no cinema. A busca lhe rendeu alguns filmes e muitos papeis secundários até 1976, quando, após assistir à uma luta de Muhammad Ali decidiu trabalhar no roteiro de uma filme sobre a vida de um lutador. Nascia assim, Rocky, escrito em três dias e vendido para ser estrelado pelo próprio ator/autor. Naquele ano, Rocky foi indicado em 10 categorias do Oscar, vencendo as de melhor filme, diretor e edição. Não preciso dizer que o filme foi um grande sucesso de crítica e de público dando origem a uma das mais rentáveis franquias da história do cinema.
Em 1979, nasceu seu segundo filho, Seargeoh Stallone, uma criança autista. O primeiro, Sage Stallone, morreu aos 36 anos, após suposta overdose acidental de medicamentos.
Entre as décadas de 70 e 90, lançou alguns tantos filmes que foram verdadeiros fracassos, salvo pela franquia de Rambo. É um dos maiores campeões do prêmio “Framboesa de ouro”, que elege todos os anos os piores do cinema hollywoodiano.
Em 2006, após três anos sem filmar, decidiu encerrar as franquias Rocky e Rambo com mais dois filmes que lhe renderam boas críticas e muitos milhões de dólares a mais no banco. Em 2010, aos 64 anos de idade, quando ninguém mais esperava que Sly (como gosta de ser chamado) fosse estrelar um filme de ação, Stallone uniu um elenco de estrelas de filmes de ação dos anos 80 e lançou “Os mercenários”, um sucesso de bilheteria. O filme conseguiu a façanha de ser a maior estreia de Stallone nos cinemas.
Em 2012, mesmo após a morte de seu primogênito, lançou a sequência de Mercenários e estreia ainda esse ano o filme “Bullet to the head”. Tem planos de filmar comédia com Robert de Niro, dirigir filme de ação com  Jason Statham e sonha em dirigir um filme sobre um dos seus escritores favoritos: Edgar Allan Poe.
 

Um comentário:

Michael Diego disse...

Belíssimo texto Lyla